Festival do Rio 2010 – 9º dia

outubro 2, 2010

 

 

por Janaina Pereira, do Rio de Janeiro

Sensacional. Esta é a palavra para descrever Cópia Fiel (Copie Conforme), de Abbas Kiarostami, que deu a Juliette Binoche (foto) o prêmio de melhor atriz em Cannes este ano. Não posso contar muito da trama, mas se você não conseguir assistir ao filme no Festival do Rio, não perca quando for lançado nos cinemas – a Imovision já garantiu a distribuição do longa.

O escritor inglês James Miller (o barítono William Shimell, em seu primeiro papel como ator), está lançando seu livro Copie Conforme (cópia certificada) na Itália. O livro discute o valor das reproduções de obras de arte. Afinal, o que é, de fato, original?

James aceita tomar um café com uma mulher (Juliette Binoche), que questiona seu livro. Ao longo de um dia eles se conhecem, desentendem-se, e se perturbam mutuamente, sempre questionando o valor do que é orignal e do que é copiado. E, até o final daquele dia, suas vidas podem – ou não – se transformar.

Em um inteligente jogo de cenas e de palavras, com a câmera dando sucessivos closes nos rostos dos protagonistas para mostrar toda a angústia dos personagens, Cópia Fiel refaz todas as histórias de amor em uma só e ainda traz Juliette Binoche em atuação impecável, e com uma beleza ímpar.

Vale a pena ver, rever e se surpreender com este que é, até agora, o melhor filme do Festival do Rio. Curiosamente, é a trama mais original também e obra-prima desde já.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: