Os Mercenários

agosto 13, 2010


por Janaina Pereira

Lembra quando Sylvester Stallone gravou no Rio cenas de seu último filme? Pois é, a tal produção finalmente chega às telas nesta sexta, dia 13. Os Mercenários (The Expendables) vem embalado pelas polêmicas declarações de Stallone (que estrela e dirige o longa, além de assinar o roteiro) sobre o Brasil – aquele falatório sobre nós e os macacos – e a curiosidade em torno da participação da atriz tupiniquim Gisele Itié. Sinceramente, nada disso importa. O filme é, na verdade, uma singela e descerebrada homenagem aos filmes – e aos astros – de ação dos anos 1980.

Liderados por Stallone, o elenco formado por atores cultuados em filmes do tipo ‘espreme que sai sangue’ é o grande destaque de Os Mercenários. Dolph Lundgren, Mickey Rourke, Jason Statham e Jet Li têm pelo menos uma boa cena em que fazem sua parte e divertem a plateia. O filme conta ainda com as deliciosas participações de Bruce Willis e Arnold Schwarzenegger na melhor (e antológica) cena do filme, e Eric Roberts, o vilão da vez.

São os atores, e não a história, que valem a pena. Na trama, o grupo de ‘mercenários’ de Barney Ross (Stallone) é contratado pelo misterioso Sr. Church (Willis) para infiltrar-se em uma ilha latina e assassinar seu ditador (David Zayas, do seriado Dexter). Chegando lá, eles conhecem a rebelde Sandra (Giselle Itié, soletrando para não derrapar no inglês) e descobrem a verdadeira natureza do problema. Barney não quer aceitar o trabalho, mas a preocupação com Sandra faz com que ele mude seus planos.

O resto é aquilo que sempre caracterizou os filmes de Stallone: muita pancadaria, barullho, sangue, suor, tiros, etc e tal. Sly, talvez um pouco menos deformado que Mickey Rourke, não tenta fazer o galã – essa parte fica com Jason Statham que, por sinal, se sai muito bem. Mas, tenho que admitir, o velho Rambo/Rocky ainda sabe fazer mais do mesmo com bastante competência.

Para você que, como eu, cresceu ao som dos bombordeios dos filmes de Stallone nos saudosos anos 1980, Os Mercenários vai ser um prato cheio. O longa é datado, repleto de clichês, mas garante 103 minutos sem ter o que pensar.

Anúncios

2 Respostas to “Os Mercenários”

  1. Douglas said

    Sério,nunca ví um filme do Stallone na minha vida.Pode ser esse o primeiro… 🙂

  2. JOAO VICTOR said

    Bom Janaina, pra começar, parabens pelo bom trabalho aki e no cinepop. Leio sempre suas criticas aki e lá, e as uso para escolher meus entretenimentos principais. Sim cinema é minha paixão. Apesar de eu morar numa Cidade (estou sendo sarcastico) mais no estilo estilo roça (estou sendo sincero agora), q não tem cinema, teatro e, de boa, sinal de internet é graça d Deus aqui. Tambem sou dos anos 80, na verdade, 85, e cresci alienado pelos filmes de Ação e porradaria.
    Sempre q posso eu saio daki e prouro cinema mais proximo para fazer o q bem gosto, assistir uma boa produção. E, após sua critica, vou fazer igual com Os mercenarios.
    Abs, e parabens novamente.
    @jv4bd3n

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: