Mostra de SP 2009: Sedução

outubro 29, 2009

AnEducation

por Janaina Pereira

Nick Horbny é o autor de alguns best sellers que se transforamaram em sucesso nas telonas, como Alta Fidelidade e Um Grande Garoto. O primeiro roteiro do escritor para o cinema, naturalmente, gerou muitas expectativas. E é assim que Sedução (An Education), escrito por Horbny e dirigido por Lone Sherfing, vem lotando as salas de cinema da Mostra de SP.

Se você ainda não viu o filme, prepare-se para uma grande decepção. Sedução vai bem até a sua metade, quando vira uma cópia mais glamourosa do bom Fish Tank, também em cartaz na Mostra.

A trama se passa em 1961 e acompanha a adolescente Jenny, estudante que almeja entrar para a Universidade de oxford e toca celo com grande paixão. Em uma dia de chuva, a jovam pega carona com David, e a atração é imeadiata. Mesmo sendo bem mais velho do que Jenny, David investe na moça e, com o consentimento dos pais dela, os dois começam a namorar.

O relacionamento do casal parece um conto de fadas, com direito a transformar Jenny na versão adolescente da bonequinha de luxo Audrey Hepburn. Mas a menina descobre as falcatruas de David,culminando em uma bombástica revelação que pode mudar – ou não – sua vida. A partir daí o filme, que já era parecido com Fish Tank, fica incomodamente igual.

Nick Horbny faz um roteiro enxuto mas nada criativo. Sedução tem cara de Oscar: é o típico filme redondinho, certinho, previsível. Suas qualidades técnicas são inegáveis e só.  Uma pena. Fica para a próxima, Nick.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: