Chuva em dia de sol

setembro 27, 2009

lluvia1

por Janaina Pereira, do Rio de Janeiro

Domingo de sol no Rio de Janeiro. Vamos ao cinema? Foi isso que eu e muita gente fez hoje para curtir o Festival do Rio 2009.  Assisti ao argentino Chuva, de Paula Hernandez, grande expectativa do Festival, já exibido em Gramado.

História bacaninha, mas que você já viu antes: duas pessoas estranhas se esbarram e começam uma amizade baseada em suas perdas e na carência. Gostei da contrução dos personagens e na metágofa com a Buenos Aires chuvosa. Bonitinho.

Distrito 9 foi meu filme na sequência, um arrasa-quarteirão sobre aliens que invadem a África do Sul e os humanos, como sempre, tentam destruir os coitados que nada fizeram. Mas não é só isso. O longa é político, é inteligente, é repulsivo, é a melhor sci-fi feita nos últimos tempos. Pronto, falei.

Para compensar meu momento ‘filme pipoca’, vi A Pequenina, fofíssima produção italiana que conta a história da pequena Aia, dois anos, abandonada pela mãe e encontrada por uma família circense. A relação da menina com a galera do circo é de um carinho sem fim. Impossível não se apaixonar por uma história tão simples mas de uma humanidade sem fim. Adorei.

De quebra, esbarrei na Paula Hernandez, a diretora de Chuva. O Festival do Rio é assim, bobo do Tarantino que não vem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: