3 macacos

março 19, 2009

tresmacacos

por Janaina Pereira

Filmes com pouco diálogo nem sempre são bem recebidos pelo público. Mas a ausência de diálogo não é, necessariamente, sinônimo de falta de ação.  O filme 3 Macacos (Imovision) é um exemplo disso. Focado nas poucas palavras dos personagens, explora seus gestos, olhares e ações com muita poesia e vigor. E o resultado é um filme simples, direto e franco.

O político Servet (Ercan Kesal) dirige sozinho em uma estrada praticamente deserta. É noite e ele está com sono. Depois, um casal freia bruscamente ao ver um corpo caído na estrada. Com medo, eles decidem não fazer nada pela pessoa, que poderia estar morta ou viva, mas decidem anotar a placa do carro que está parado pouco depois e chamar a polícia.

Servet liga para seu motorista, Eyüp (Yavuz Bingol), e lhe oferece uma grande quantia em dinheiro para que ele se entregue em seu lugar – afinal, é época de eleições. Eyüp aceita a oferta, o que acaba desencadeando uma série de fatos que vão desestabilizar sua família para sempre.

Contar mais é estragar o que o filme tem de bom: a falta de sutileza dos personagens em suas atitudes desvairadas. Todos falam pouco, mas agem com furor em suas ações. E assim 3 Macacos conquista as platéias mais exigentes com a força de um roteiro totalmente descrito em imagens.

Direção: Nuri Bilge Ceylan
Roteiro: Ebru Ceylan, Nuri Bilge Ceylan, Ercan Kesal
Gênero: Drama
Origem: França/Itália/Turquia
Duração: 109 minutos

Em cartaz desde março de 2009

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: